quinta-feira, 11 de novembro de 2010

LDN



Foto by @caroljojo


Pós shows, agora sim posso escrever meu post de viagem.
Depois do meu primeiro ano de trabalho, conquistei as tão deliciosas férias. Elas foram muito merecidas, se posso dizer.
Se você é publicitário vai saber do que estou falando...

Mas a verdade é que, foi esse trabalho que me possibilitou realizar meu sonho supremo: Ir para Londres.
Eu não sei te dizer o que tem naquela cidade que sempre me atraiu e me deixou noites sem dormir com vontade de estar lá.
O frio na barriga começou desde o momento em que reservei as passagens, estava acontecendo... aquilo que pensava em fazer desde os 9 anos... estava acontecendo!
Juntos de duas amigas, embarquei para a cidade cinzenta.
Passar pela imigração quase levou embora a minha alma, nunca fiquei tão nervosa na vida. O pavor de ter chegado até ali e ouvir um "Blz, sai do meu país" era pavoroso.

Tudo deu certo... e minutos depois estavamos em um little black cab, como os que Sherlock tanto pega (na série da BBC, antes que alguém fale algo) e olhando para o sinal que dizia o que Alex Turner já tinha nos avisado antes "Red lights indicate doors are secured".

Eu não tenho como detalhar cada minuto meu naquele lugar, só posso dizer que para onde eu olhava, era um sorriso novo que estampava meu rosto.

"Ai, credo... Londres.. Mó cinza, pessoas frias..."

Beleza, sai do meu blog.

Mais do que a educação das pessoas, mais do que as casinhas pobres serem melhor que a minha, a estrutura organizada da cidade, o sotaque sensacional (*_______*)... o importante era a sensação de estar ali. Parecia que era ali que eu pertencia, que era ali que era o meu lugar.

É estranho, passar a vida achando que está no lugar errado.
Os pontos turisticos são lindos, mas você pode nem ir em nenhum. Apenas ande em um parque, coma um fish and chips, caminha pela cidade olhando a arquitetura... Você já vai ter uma experiência única.

Ir em shows onde as bandas de abertura são desconhecidas e elas serem todas legais, tendo o estilo musical que você tanto gosta...(Show a ser comentado futuramente em outro post).

Ok, a verdade é uma só...
Eu só gostei tanto de Londres porque brinquei com um esquilo.
Quem pode me culpar?

Acha que acabou? Ainda temos nos próximos capítulos minha ida a Brighton e Cardiff, Buenos Aires e Santiago. =D

3 comentários:

Willian disse...

Ah, sou apaixonado pelo sotaque britânico. Acho maravilhoso. Ainda vou conhecer a Europa algum dia e passar um bom tempo na terra da Rainha... provavelmente andando a noite com meu sobretudo fazendo monólogos intermináveis :P

Brancatelli disse...

O bom é que, como vc já foi uma vez, não precisa ir mais!
Nunca mais!!!

Como um... disse...

entrem ai
http://bookcomoum.blogspot.com/