terça-feira, 1 de setembro de 2009

Quem Tem Medo de Regina Spektor?


Difícil dizer o que é, pra mim, escutar Regina Spektor.
É uma experiência tão boa quanto... asustadora.
Engraçado isso, mas a beleza das músicas dela me dão uma sensação estranha de "medo".
Como se pra mim fosse assombroso que alguém possa criar pequenas obras-primas em cada melodia, cada toque da tecla do piano, cada vogal cantada.
Talvez a perfeição seja, ao seu próprio modo, assustadora. Como naquela cena de Beleza Americana, quando o personagem do Wes Bentley diz "Às vezes, há tanta beleza no mundo. Penso que não vou suportar e meu coração parece que vai sucumbir..."
É isso que eu sinto...

Regina Spektor é meu saquinho plástico voando com o vento!


Depois de alguns meses, eu tomei vergonha na cara e finalmente escutei o último álbum da Regina Spektor, Far.
Difícil falar de um álbum assim, porque nada que eu escrever aqui vai passar exatamente o que é um álbum dessa cantora, compositora e pianista.
Mas... bom... ninguém disse que ter um blog sobre música seria fácil, né.

Far não chega a superar a perfeição do seu álbum anterior, Begin to Hope, mas eu não acreditava que ele fosse conseguir, mesmo.
Ainda assim, músicas como "Genius Next Door", "Wallet" e "One More Time with Feeling" (que covardemente vêm em sequência, sem dar muito tempo para respirar) quase conseguem a façanha. Ela também parece bem à vontade vocalmente, como em músicas como "Folding Chair" e "Dance Anthem of the 80's", e até mais dançante, com em "The Calculation".
Cada música é uma pérola única, que merece ser apreciada aos poucos, até que se consiga absorver tudo o que ela tem a oferecer.
É um álbum para se ouvir sozinho no quarto, se deixando levar pelos mais diversos sentimentos.

Sentimentos como emoção e euforia.
Tristeza e alegria.
Calor e solidão.
Esperança.
E medo.

3 comentários:

Íris disse...

Regina Spektor pra mim faz parte daquelas conheço-algumas-musicas-preciso-ouvir-mais.
Mas ela é super fofa né :)

Cá Ciarallo disse...

Tá, medo! No exato momento que resolvo ler o novo post aqui, começa a tocar Regina Spektor no meu iPod! Definitivamente, medo.

Ainda não ouvi Far, mas gosto muito do Begin to Hope. De fato ela é uma fofa e tudo isso que você já falou e que eu não vou ter palavras melhores pra descrever, as always.

Renatinha disse...

Grava o cd pra mim!