domingo, 29 de junho de 2008

Um filme contado em músicas...


Ontem eu assisti Juno pela segunda vez. O bom de assistir um filme mais de uma vez é poder dar mais atenção a outros detalhes, aqueles que passaram meio despercebidos... aquela piadinha que você não pegou direito, aquele cara fazendo algo nada a ver no fundo da cena... No caso de Juno, eu acabei prestando atenção na trilha sonora. (Arrá...te peguei...achou que seria um post sobre o filme hein?hein?)

Eu sinceramente nunca dei muita bola para trilhas sonoras, nunca fico prestando muita atenção nelas durante um filme... na verdade, uma vez li uma entrevista (não me lembro de quem, sorry.) em que a pessoa tal dizia que quando o espectador nota muito a trilha sonora durante o filme é porque ela não foi bem feita... significa que você (que a fez) não conseguiu integrá-la direito a história. Ela acaba se destacando mais que o filme em si e não é bem essa a intenção.

Juno traz na sua trilha músicas que têm a mesma fórmula que seus personagens... a primeira vista você estranha, vai se acostumando até parecer que são suas velhas conhecidas e quando menos percebe você se enxerga nelas.
Para mim foi tão surpreendente gostar das músicas quanto do filme. É simplesmente um tipo de música (e filme) que eu não estou muito acostumada a querer ouvir (ver) mais de uma vez.

Umas das principais responsáveis pela escolha da trilha sonora acabou sendo Ellen Page (a atriz que interpreta Juno), num certo momento o diretor lhe perguntou o que ela achava que seu personagem escutava e ela respondeu: Moldy Peaches... Assim que ela colocou uma música para tocar ele achou que eram perfeitas. Logo depois de discutir o assunto com a roteirista, ligou para Kimya Dawson, a parte feminina da banda, e ela lhe enviou algumas coisas de seu trabalho solo. Kimya acabou sendo peça chave da trilha... ela aparece com 5 músicas solo, duas do seu trabalho no Antsy Pants e uma do Moldy Peaches.

As músicas solo de Kimya parecem sair de dentro de Juno, letras profundas, cheias de complexidades e com uma certa acidez cantadas com uma voz quase adolescente transformam a personagem principal do filme em melodia. A ordem das músicas também parece acompanhar o trajeto dos pensamentos de Juno.

Nas 4 músicas de apresentação temos a música de abertura do filme: 'All I want is you' (do Barry Louis Polistar)... que eu já vou avisando, assim que você assistir Juno... nunca mais vai conseguir ouvir essa música sem visualizar uma garota de casaco vermelho carregando uma grande garrafa de suco de laranja andando pela cidade. A segunda é 'Rollercoaster', a primeira música de Kimya que aparece no cd e representa a montanha-russa em que a garota se vê depois de descobrir que está grávida... Depois vem a apresentação do personagem de Michael Cera, Paulie Bleeker, a canção escolhida foi 'A well respected man' do The Kinks, música melhor para falar sobre o personagem viciado em tic tac de laranja não poderia ter. Fechando a apresentação temos Buddy Holly com a declaração de amor em 'Dearest', música poderia muito bem ser do Bleeker para Juno.

O outro responsável pela trilha é Matt Messina, que já tinha trabalhado com o diretor em Obrigado por fumar, ele acrescentou alguns elementos ás músicas de Kimya e compôs uma música para o cd: 'Up the spout'. Uma melodia curta, que parece representar um momento de reflexão da personagem... Uma transição...
Enquanto as 4 primeiras músicas apresentam os personagens e a situação, as que tem após a música de Matt desenvolvem a história.

No desenvolvimento musical da história temos, além das músicas de Kimya...

Sonic Youth com uma versão de uma música do Carpenters: Superstar. A música é citada no filme por Mark (futuro pai adotivo do filho de Juno). Então a música vem no cd ilustrar o relacionamento dos dois, que acabam criando um laço forte na história.

Temos os FOFOS do Belle & Sebastian com duas músicas: 'Piazza, New York Catcher' e 'Expatations'. Na primeira eles propõem uma fuga... que é justo o que Juno precisa para se 'livrar' de seu problema e acaba encontrando na adoção essa 'fuga'. Na segunda basicamente fala sobre situações conturbadas na escola, como as que a garota enfrenta ao desfilar com seu barrigão pelos corredores...

"All the young dudes' do Mott the Hoople fala sobre...ahn...All the young dudes? É só um retrato desses caras jovens, dessa galerinha jovem sabe? (desce uma rodada de suco ae pra galera!)

Cat Power, que entrou na trilha como indicação da Ellen Page também mas teve um pouco de relutância do diretor do filme. A declaração parece caber no momento em que Juno descobre que vê Bleeker como mais que um amigo...

Antsy Pants aparece pela primeira vez no cd com 'Tree Huger', a letra fala sobre sempre querer ser algo diferente, mas com uma inocência e delicadeza. Um pensamento que qualquer adolescente normal já teve...

Seguindo vem o Velvet Underground com 'I'm sticking with you', que pra mim ilustra perfeitamente o momento de Juno e Bleeker no hospital... onde ele a abraça como se dissesse "I'm sticking with you..."

Finalmente temos o Moldy Peaches e a música escolhida foi "Anyone else but you' e é o tema do casal Juno e Bleeker, uma letra sem declarações melosas e ao mesmo tempo extremamente romântica... assim como os dois. Não tem como não se apaixonar pelos dois, pela música e pelo Michael Cera...

A outra do Antsy Pants é a 'Vampire', que tem uma sonoridade completamente infantil, no filme ela aparece só nos créditos... tenho a impressão que ela vem com a mensagem de que por mais coisas que ela tenha passado, por mais afiada que seja sua língua e por mais despreocupada que ela goste de parecer, Juno não passa de uma criança.

O cd fecha com chave de ouro trazendo a versão feita pelos personagens da música do Moldy Peaches, que é adoráááááável!!


Concorde, discorde, ignore, xingue (lembre-se que xingar a mãe não vale!)... O importante é que gostando de Juno ou não, você deve gastar uns minutinhos apreciando sua trilha sonora.

6 comentários:

Douglas Funny disse...

confesso q concordo com a parte "se a trilha se destaca, ela não se encaixou bem na história"... se td estiver bem unido, eu entro dentrodo filme...

Gostei de juno, mas não lembro da trilha... tenho alguns flashs, mas nada q se fixe... só lembro q quando terminei de ver, eu queria aprendera tocar alguma musica do filme...

Renatinho... disse...

Eu ainda não vi Juno mas baixei a trilha sonora por todo mundo ver e falar tão bem... Todas as músicas muito boas mas "Anyone Else But You" com os atores cantando ficou DEMAIS *-*
Consigo ouvir horas e horas a mesma música ^^'
Na hora deu uma vontade gigante de ver o filme mas depois até esqueci...
Tenho que ver o filme!!!

Mar e Ana disse...

Aah eu costumo rpestar atençao nas trilkhas sonoras... mas tbm é sempre na 2° vez q eu vejo o filme =p
ainda não vi Juno, ce acredita?
Só que algumas músicas da trilha já tocam no meu mp4 hhe

:*

Mary West disse...

Fofissíma a trilha, apesar de ainda naum ter visto o filme já estou apaixonada pelas músicas que embalam a historia. ;)

Guilherme disse...

Olha...eu nao parei pra prestar atenção na trilha...Deve ser aquilo que vc disse da frase mesmo! Achei que td ficou uma coisa só, integrou direitinho com a história!
Taí, verei esse filme de novo!
Valeu Rê!!

Bjs!!

matheuss disse...

gostei muito da trilha,
é tudo tão voz-e-violão,
tão the-oc-inocente,
apaixonante,
e sonic youth no meio :)
adoravelmente deprimido.