quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Comida Boa... e Requentada. =/

Certo... preciso começar este post afirmando uma coisa:
Eu juro que gosto muito de Offspring!
Aliás, o Americana foi um dos primeiros CDs que eu comprei com meu próprio dinheiro.
A energia das músicas, as letras divertidas, o visual punk... tudo isso era muito legal em 1998, e até confesso que o som deles moldou de certa forma meu gosto musical por algum tempo.

No sábado passado, 10 anos depois de pirar escutando músicas como "Pretty Fly (for a White Guy)" e "Why Don't You Get a Job?", lá estavam eles na minha frente, no palco principal do Planeta Terra.
E tudo o que eu sentia era um frustrante gosto de comida requentada...

Calma, eu explico.
Não foi um show ruim. Longe disso.
Mas teria sido um show realmente kick ass se tivesse acontecido uns 6 anos atrás.
Agora imaginem ver o Chorão aos 50 e poucos anos de idade, ainda cantando coisas como "você é bonito e eu sou feio, sua mãe te ama mas eu te odeio", ou qualquer uma de suas "músicas" de hoje para entenderem como foi ver aqueles caras em cima do palco (me perdoe, Deus, por comparar o Offspring ao Charlie Brown Jr... foi apenas para ilustrar o pensamento).
Era um bando de tiozões tocando músicas que não representam mais nada do que eles são.
Como aquele seu tio que veste bermudão e fala "radical" para esquecer sua crise de meia idade.
Eu não me surpreenderia se visse o Dexter Holland andando pelo festival com um blusão laranja amarrado sobre os ombros, sorrindo para garotas com um terço da sua idade...
Era estranho, constrangedor.
Era falso.

Claro que uma ou outra música se salvava.
"The Kids Aren't All Right", por exemplo, até fazia esquecer por um minuto que, diferente de um Green Day da vida, o Offspring não se preocupou em evoluir musicalmente, se acomodando com seus fãs de uma década atrás. Pelo menos 80% das pessoas que estavam lá para ver o show eram fãs nostálgicos.
Foi um show correto, bem tocado, nostálgico...
O tipo de show para se assistir de olhos fechados... pois se você olhasse para o palco, veria a banda parada, como se tocasse todas aquelas músicas por pura obrigação, como uma banda zumbi que apenas não quer ser esquecida.

Repito: eu realmente gosto de Offspring!
Seja com o Smash, seja com o Americana, seja com Conspiracy of One ou com o Splinter, eles consegue fazer uma música com cara jovem... isso eu não posso negar.
Mas existe uma diferença entre escutar um CD e ver os caras tocarem essas músicas.
Se por um lado as músicas são ótimas, por outro você percebe que algo está errado com aqueles caras que se recusam a dar um passo adiante.
Como se os Beatles tivessem se aconchegado no estilo "I Wanna Hold Your Hand" de se fazer música e nunca tivessem criado algo como Revolver, ou Sgnt Pepper's Lonely Heart Club Band, ou o Abbey Road...

Se tivesse terminado algum tempo atrás, com certeza o Offspring entraria para a história como uma das grandes bandas do nosso tempo.
Do jeito que fizeram, serão apenas lembrados como uma banda que já não tem mais nada a dizer.

E eu continuarei ouvindo meu Americana como em 1998, imaginando uma banda jovem, com músicas agitadas, letras divertidas e todo aquele visual bacana.
Assim, talvez eu esqueça como eles são agora.


PS: SHOW DO RADIOHEAD EM MARÇO DE 2009!!!
Obrigado, Senhor... obrigado...

7 comentários:

Douglas Funny disse...

hum... é mesmo... nem pensei desta forma, uma vez q não fui ao show.

Realmente eles pararam um tempo atrás, ficaram e tal... como o Ultraje a Rigor, q apesar de ser muito foda, não evoluiu.

abraço.

Renatinho... disse...

Pra mim foi um show realmente nostálgico. Escutar os hits ao vivo pela 1ª vez, tava la no fundo pulando como se tivesse junto dos fãs loucos que estavam lá na frente em meio de rodas punk =P

E quanto ao Radiohead... VOU PRA VER SIGUR RÓS ABRINDO O SHOW DELES!!!

Renatinha disse...

POLÊMICA!

Então, não conheço MUITO Offspring. Sei das famosinhas e gosto, queria ver 'Pretty Fly' mais por me lembrar o Vitinho do que por ser uma música que eu amo.
Antes de ir pro Terra eu já tinha dito que Offspring me dava a sensação de que eles já deviam ter parado de tocar, não vou nem comentar as músicas que eles tocaram porque não manjo... mas visualmente era meio triste de vê-los...
Mas preferia ter visto esse show inteiro do que ter perdido tempo com Spoon. prontofalei.

Mar e Ana disse...

Concordo com o Funny.

:*

matheuss disse...

me leva... é no mês do meu aniversário... eu preciso, eu vou ter crise de pânico, ainda vai ter sigur rós de abertura. cara eu preciso mesmo ir. desculpa ignorar teu post, mas eu preciso mesmo... vou bater em várias pessoas e roubar seu dinheiro e comprar um a passagem de avião, ou de ônibus, talvez se eu começar a andar eu chego lá antes de março...

Tchelo disse...

Todo blog que eu vou eu vejo um comentário de "concordo com o Funny" da Mari. O.o

Pois eu discordo. Ultraje evoluiu no que tentou fazer, só não deu certo.

E quanto ao offspring eu concordo, mas sei lá, sou muito mais ver outro show deles do que um dos velhos dos Rolling Stones que "desevoluíram". Papo sério.

Mary West disse...

ÉPOCA DE OUROOOOOOOOOO DA MTV.